Logotipo
NOTÍCIAS

Proposta prevê até três anos de prisão para quem furar a fila da vacina contra o coronavírus

Aprovado na Câmara dos Deputados projeto que criminaliza o fura-fila da vacinação.

 

O texto prevê prisão de um a três anos para quem tomar a vacina contra a Covid-19 sem estar na ordem de prioridade.

 

O infrator também estará sujeito à multa, sendo que a pena poderá ser aumentada em um terço se envolver a falsificação de atestado ou de outros documentos.

 

O projeto ainda não está em vigor, precisa passar pelo Senado e caso seja aprovado pelos senadores, ainda dependerá de sanção do presidente da República.

 

A proposta foi apresentada na Câmara Federal após surgirem denúncias, em diversas cidades brasileiras, de que entre os imunizados há pessoas que não pertencem ao grupo de risco para Covid-19.

 

A cidade de Manaus, no Amazonas, chegou a suspender a campanha de vacinação para o reordenamento da lista de quem deveria receber a vacina. 

FONTE: RÁDIO 2.

LEIA TAMBÉM

Domingo, 28 de Fevereiro de 2021

Player
REGIONAL radio pirata APAP Diário INTERIOR CAP
RÁDIO DIFUSORA DE PENÁPOLIS

Av. Antonieta Vilela Ferreira, 900 | Vilage | CEP 16.303-068 | Penápolis-SP

ATENDIMENTO:

Email: difusora@difusoradepenapolis.com.br | Telefone/Fax: 18 3654.2250